Comissão Técnica do ZEE/MA realiza reunião de planejamento para 2019

Publicado em 07.03.2019 - 15:02

A Comissão de Coordenadores Técnicos do Zoneamento Ecológico-Econômico do Maranhão (ZEE-MA) realizou, nesta terça-feira (26), a reunião de ajustes e planejamento, com o objetivo de alinhar as ações estratégicas para desenvolvimento das atividades em 2019.

O presidente do Imesc, Felipe de Holanda, ressaltou a importância do ZEE como ferramenta para o desenho e a gestão de políticas públicas no território do Bioma Amazônico, localizado na Região Oeste do Estado do Maranhão: “O Imesc e a Uema têm papel fundamental no ZEE, como instituições gestoras. No caso do Imesc, destaco a realização dos diagnósticos socioeconômicos e também a elaboração dos cenários, além da colaboração na realização de estudos sobre temas ambientais e institucionais”.

O ZEE está em fase de conclusão, estão concluídas 60% das atividades do Diagnóstico. Segundo o Pró-Reitor de Extensão e Assuntos Estudantis da Uema e coordenador do Projeto ZEE pela Universidade, Paulo Catunda, faltam algumas equipes concretizarem suas visitas de campo para a conclusão do trabalho. “Estamos finalizando as coletas de dados, algumas análises, para posteriormente entrarmos na fase de cenarização. Essa é a fase em que os pesquisadores, com sua expertise, discutem os dados de solo, fauna, flora e água coletados e constroem um cenário total disso. É uma fase mais complexa”, explicou o Pró-Reitor.

Durante a reunião também foi discutida a oportunidade da apresentação preliminar dos resultados e atividades que já foram concluídas para a comunidade em geral. Essa apresentação ficou marcada para o final de março, momento em que os coordenadores temáticos dos diversos produtos do ZEE devem apresentar os resultados preliminares para a sociedade.

“Estamos aguardando a concretização da fase de coleta de dados para iniciarmos as audiências públicas, que visa apresentar esses dados às comunidades e concluir o ZEE com a fase de cenarização. A expectativa é que até o final de março as equipes consigam finalizar todos as atividades de campo”, completou o Pró-Reitor da Uema, Paulo Catunda.

ZEE/MA

O Governo do Maranhão está investindo R$ 5,93 milhões para a realização do ZEE-MA do Bioma Amazônico. Por determinação do governador, Flávio Dino, o Imesc é o órgão responsável pela gestão do projeto, tendo a função estratégica de coordenar o ZEE em parceria com as Secretarias de Estado, Instituições de Ensino Superior e sociedade civil.

A fim de otimizar o trabalho a ser feito, o ZEE foi dividido em duas etapas: a primeira, já em curso, realiza o zoneamento do Bioma Amazônico, que corresponde a 1/3 do território do Estado (108 municípios) e abriga maior complexidade de conflitos. Já a segunda etapa irá contemplar o zoneamento do Bioma Cerrado, que corresponde a 2/3 do território maranhense (cerca de 110 municípios).

Para mais informações sobre a importância estratégica do Zoneamento Ecológico-Econômico do Estado, o governo disponibiliza o portal do ZEE, que pode ser acessado pelo link www.zee.ma.gov.br. O site reúne todo o conteúdo relacionado ao tema desde os primeiros levantamentos, realizado no fim dos anos de 1990.