Imesc avança nas tratativas de parceria com o SINRURAL para execução do ZEE/MA

Publicado em 27.03.2018 - 00:00

O presidente do Instituto Maranhense de Estudos Socioeconômicos e Cartográficos (Imesc), Felipe de Holanda, recebeu, nesta quarta-feira (14), representantes do Sindicato Rural de Imperatriz (SINRURAL) e o deputado estadual Marco Aurélio, para apresentar dados sobre o planejamento de execução do Zoneamento Ecológico-Econômico (ZEE/MA) do Estado.

Instrumento de orientação para a formulação e espacialização das políticas públicas de desenvolvimento sócio-produtivo e ambiental do Estado, a elaboração do Zoneamento Ecológico-Econômico produzirá o ordenamento territorial do Maranhão, assim como servir para as tomadas de decisões de investimento dos agentes privados.

A reunião contou com depoimentos dos representantes rurais sobre a realidade sócio-econômica de Imperatriz, com avanços nas tratativas de uma parceria de colaboração de dados do SINRURAL com o Imesc, como forma de otimizar a atuação do ZEE no Maranhão até 2019.

“O ZEE tem um papel importantíssimo, pois ele funciona como a pedra angular do planejamento estratégico do Maranhão, o que permite um profundo conhecimento de todo o Maranhão, a partir de um conjunto de estudos, de fotografia de imagem de satélites, com resolução de 1:250.000, e vai permitir um planejamento de uso e ordenamento do solo fundamental para o zoneamento”, disse o presidente do Imesc, Felipe de Holanda, que atua, também, como coordenador geral do ZEE-MA.

O deputado Marco Aurélio também comemorou a proposta de parceria com o Imesc, afirmando que a colaboração entre o sindicato e o instituto dará celeridade e mais segurança na execução do ZEE-MA. “Ficamos imensamente felizes em saber que o Imesc está cumprindo o seu papel. A classe produtora está com uma expectativa muito grande e o Imesc tem avançado em todo o Estado”, apontou.

“A Região Tocantina, de um modo geral, está preocupada com o zoneamento. Com esta reunião, nós saímos alegres por saber que está sendo feita a parte do governo do Estado e, também, por saber que está bem adiantado todo o processo de zoneamento”, acrescentou o presidente do SINRURAL, Armelindo Ferrari Junior.

Também estiveram presentes o diretor de Estudos e Pesquisas Socioeconômicos do Imesc, Dionatan Carvalho, o coordenador técnico do ZEE-MA, Luiz Jorge Bezerra Dias e o diretor de Estudos Ambientais e Cartográficos do Imesc, Josiel Ribeiro.